Recomendações

Esclareça aqui as suas dúvidas.

Cuidado Parental
Cuidado Parental
ib-u-ron®

O meu filho tem febre. Quando devo consultar o médico?

  • quando a criança apresenta quebra do estado geral;
  • a febre se mantiver por mais de 3 dias ou a temperatura for muito alta e de difícil controle;
  • houver outros sintomas acompanhantes como por exemplo: dor de cabeça intensa, rigidez do pescoço, dor de barriga intensa, manchas na pele, vómitos constantes, falta de ar, choro inconsolável, gemido, desinteresse pelo meio envolvente, pouca reatividade aos estímulos dos pais, irritabilidade fácil, outras queixas com grande impacto no bem estar da criança;
  • crianças com menos de 3 meses de idade.

A observação pelo médico permite definir melhor a situação clínica, esclarecer o diagnóstico, e ajustar o tratamento.

O meu filho tem febre. Como posso ajudar?

  • deve manter-se uma boa hidratação (através da ingestão de água e líquidos com frequência);
  • não se deve forçar a alimentação e, pelo contrário, aceitar que a criança coma menos, desde que se mantenha a beber líquidos;
  • deve efetuar-se uma boa lavagem das mãos, como medida adicional de controlo da infeção.
  • medidas de arrefecimento como o banho tépido ou aplicar compressas húmidas, retirar o excesso de roupa e não aquecer o ambiente.

O que ajuda a desentupir o nariz?

O corrimento que se acumula na vias aéreas superiores (nariz e “garganta”)  respondem bem à limpeza frequente com soro fisiológico, seguida de remoção com aspirador nasal (nas crianças mais novas) ou com o assoar (nas crianças mais velhas).

Quando se deve ter mais cuidados?

A estação fria (outono e inverno) é propícia ao aparecimento de infeções respiratórias altas nas crianças. A maioria dos episódios descritos corresponde a uma infeção viral.